ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Reconhecido no mundo, coreógrafo concordiense pretende criar projeto na cidade
Volmir Cordeiro visita familiares em Concórdia, antes de iniciar mais uma turnê em São Paulo, Florianópolis e Curitiba.
Publicado 12/10/2018
 

Por Jocimar Soares

Com carreira internacional de sucesso e atualmente residindo em Paris, na França, desde 2011, o coreógrafo e bailarino concordiense Volmir Cordeiro tem total reconhecimento na área. Ele, que foi aluno da Fundação Municipal de Cultura e deu os primeiros passos nos palcos aqui na Capital do Trabalho, é hoje uma referência nas artes cênicas. Pronto para iniciar mais uma turnê no Brasil, quando apresentará espetáculos em Florianópolis, Curitiba e São Paulo, Volmir tirou uns dias para visitar familiares em Concórdia. Aproveitando a passagem pela terra natal, o bailarino visitou também o prefeito Rogério Pacheco e o superintendente de Cultura, Júlio Gomes. Na conversa, projetos para Concórdia.


Volmir, que tem muito orgulho da cidade onde nasceu, pretende fomentar a cultura local, trazendo projetos inovadores e diferenciados, que poderão despertar os potenciais locais. Como vive há sete anos na França e viaja por todo o mundo para apresentar seus trabalhos, Volmir tem muita experiência em se tratando de dança contemporânea. Ele já foi convidado para ter uma participação especial e ainda ser jurado no Concórdia em Dança do ano que vem. A participação neste ano – a partir do dia 19 inicia o Concórdia em Dança 2018 - é inviabilizada por conta da turnê já agendada pelo artista.


Volmir Cordeiro é doutor em artes cênicas pela universidade Paris 8, em Paris, na França. É professor, pesquisador e coreógrafo. Apresenta seus trabalhos nos mais renomados festivais de dança do mundo, em países como Estados Unidos, Cuba, Israel, França, Alemanha, Londres, Portugal, Espanha, Bélgica, Brasil, entre outros. Morando na França desde 2011, é artista associado na maior instituição de dança, Centre National de la danse, onde realiza seus projetos artísticos. 


Desde os cinco anos de idade Volmir Cordeiro faz teatro. A paixão pelo palco fez com que o artista seguisse a graduação em Artes Cênicas. Durante três anos cursou a formação na Udesc (Universidade Estadual de Santa Catarina) em Florianópolis, para então transferir o curso para a UNIRIO (Universidade Federal do Rio de Janeiro). O interesse pela disciplina corporal fez com que fosse natural para o artista caminhar do teatro para a dança. Em Florianópolis, estudou durante anos com o Cena 11 Cia. de Dança, e inclusive participou de um espetáculo da companhia, “Segredos Dançantes Contra a Brutalidade Surda”.  No Rio de Janeiro estudou na Cia. Lia Rodrigues, que ficava localizada na favela da Maré. “Foi lá que despertou a minha vontade de estudar de forma mais aprofundada a figura do marginal”, conta Cordeiro.

 

(Fonte: Edila Souza/Ascom/Prefeitura de Concórdia)

COMENTE