ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Edno diz que é preciso dar uma condição de igualdade a quem pretende trabalhar com essa atividade / Foto: Arquivo
Vereadores pedem agilidade para Lei de Food Trucks
Administração Municipal diz que a intenção é regularizar a atividade até o fim do ano
Publicado 10/10/2018
 

Por Analu Slongo

A necessidade de uma legislação que regulamente o serviço de veículos de alimentação em Concórdia voltou à pauta da Câmara de Vereadores na sessão desta quarta-feira, 10 de outubro. Edno Gonçalves (PDT) fez uma indicação pedindo agilidade no envio deste projeto de lei para discussão e votação dos vereadores. Ele argumenta que em março deste ano foi realizada uma reunião entre vereadores e o governo municipal e o acertado era que o projeto fosse enviado ao Legislativo em 60 dias.

 

Edno diz que é preciso dar uma condição de igualdade a quem pretende trabalhar com essa atividade em Concórdia. “Precisamos que essa lei venha para a Câmara para que possamos discutir isso”, pontua.

 

Evandro Pegoraro (PT) destaca que além de ser uma atividade econômica, a regulamentação dos veículos de alimentação vai proporcionar lazer e conforto à população. “Agora que vem o Verão muitas pessoas costumam frequentar o Parque de Exposições e é importante que tenham locais para venda de alimentação”, afirma.

 

O que diz a administração municipal

 

O secretário de Urbanismo e Obras, Daniel Faganello, diz que a legislação está praticamente pronta. Segundo ele, a intenção é que o serviço esteja regulamentado em Concórdia até o fim do ano. Faganello comenta que haverá entre 10 e 12 pontos para food trucks a serem licitados na área central e no Parque de Exposições.

COMENTE