ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
A necessidade de uma rótula na Tancredo Neves
Motoristas que sobem a via e tentam acessar à esquerda, param sobre a pista central, o que provoca risco de colisões.
Publicado 14/09/2018
 

Por Jocimar Soares

Enquanto se aguarda o desfecho da novela que virou a Tancredo de Almeida Neves, motoristas, empresários e moradores endereçados ao longo da via, especialmente no trecho já revitalizado, estão aguardando a construção de uma rótula, prevista para a entrada do parque de exposições em frente à empresa Cordial. Esse pedido ficou mais evidente após acidente na última semana, em que houve uma forte colisão transeira, envolvendo duas caminhonetes. Conforme já abordado, o motivo desse acidente foi a dimininuição na velocidade do trânsito na pista central, a que sobe, que não teria sido percebido pelo motorista que provocou a colisão.

 

Porém, uma enxurrada de mensagens de ouvintes e leitores, publicadas no site e na fanpage da emissora, chamam a atenção para o fato desse não ser o único acidente no local, Outras colisões traseiras já aconteceram neste trecho já revitalizado, porém sem gravidade. O motivo é que muitos motoristas, que fazem sentido Parque de Exposições, tentam converter para a esquerda, parando sobre a pista central, para aguardar a passagem de quem desce sentido centro. Trocando em miúdos, quem tenta acessar à esquerda, para entrar no pátio de uma empresa, por exemplo, tem que parar na pista central, popularmente conhecida como "pista de velocidade", o que exige atenção de quem vem atrás. Em alguns casos, as colisões são inevitáveis.


Vale ressaltar que o procedimento de parar sobre essa pista a para converter à esquerda, para quem sobe a Tancredo Neves, é o correto. Pode não ser o ideal, mas é permitido!


Não são todos que fazem isso. Alguns motoristas andam um pouco mais e, às vezes, vão até a entrada dos bairros Portinari ou Jardim Europa para tentar fazer a conversão e voltar. A solução para esses usuários seria acessar a Victor Sopelsa e retornar sentido Tancredo Neves, mas esta via está interditada em função dos deslizamentos na Horácio Sandi. Então, a construção de uma rótula em frente a Cordial Fiat passa a ser necessária.


O projeto original de revitalização de toda a Tancredo Neves, elaborado ainda na gestão Girardi e Santhier, prevê a implantação de uma rótula na entrada do Parque de Exposições, na segunda ou próximas etapa do processo de revitalização. 


Independente do imbróglio que está a primeira parte do recapeamento da via, que precisa ser reparado em alguns pontos e ainda não foi entregue, não há impeditivo nenhum para que a próxima etapa de revitalização seja iniciada. Tanto é que o Executivo Municipal já estaria se articulando para isso. Porém, o trecho contemplado com essas melhorias seria do trevo da BR 153 até o trevo de acesso a São José, cujo asfalto está bastante deteriorado.


Se isso se confirmar, a solução para os motoristas que sobem a Tancredo Neves e não queiram parar na pista central para esperar o movimento de quem desce seria a Victor Sopelsa, que está interditada! Neste caso, a saída continua sendo parar sobre a pista central ou "dar um outro jeito".


Por fim, vale lembrar os motoristas que sobem a Tancredo Neves que o limite de velocidade é de 40km/h. A pista da direita é destinada para quem transita abaixo dessa velocidade.

COMENTE