ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Concórdia é uma das cidades que não tem perito criminal
lém da Capital do Trabalho, Porto União também tem esse problema
Publicado 09/08/2018
 

Por André Kruger

A cidade de Concórdia é um dos municípios de Santa Catarina que não dispõe de perito criminal neste momento. A informação é do delegado Regional de Polícia Civil, Marcelo Nogueira. Além da Capital do Trabalho, a cidade de Porto União é outra cidade que não tem esse tipo de profisional.

 

Em entrevista a Rádio Aliança, Nogueira diz que essa realidade se arrasta por dois anos. Destaca que os serviços de perícia criminal demandam da vinda de um profissional de Chapecó, quando solicitado para Concórdia, o que leva até duas horas.

 

De acordo como delegado regional, juntas, Concórdia e Porto União somam sete assassinados neste ano. Um número baixo para os padrões de Santa Catarina. Porém, a presença de um profissional perido ajuda também na confecção de laudos.

 

Enquanto isso, um concurso público foi feito em novembro de 2017 para suprir as aposentadorias de peritos criminais no estado. O resultado foi homologado, mas até agora os aprovados não foram chamados.

COMENTE