ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Estelionatários tentam aplicar “golpe do sequestro” em Alto Bela Vista
Varias ligações foram feitas no início da semana e Polícia já investiga o caso
Publicado 09/08/2018
 

Por Cristiano Mortari

Pelo menos 10 pessoas registraram Boletins de Ocorrência na Delegacia de Alto Bela Vista nesta semana, relatando a tentativa do golpe do sequestro. Estelionatários ligaram para as residências afirmando que estavam com algum familiar e pediram resgates em dinheiro.

 

De acordo com o relato das pessoas que receberam as ligações, a abordagem feita pelos estelionatários foi parecida em todos os casos. Um bandido pedia dinheiro e fazia ameaças, enquanto uma voz feminina chorava e pedia por socorro.

 

Um idoso de 71 anos, que prefere não se identificar, deu detalhes de como os bandidos agiram. “O telefone tocou pouco antes das 6h, aí já levantei assustado, pelo horário. O rapaz me chamou pelo nome e disse que estava com minha neta e que se eu não pagasse R$ 50 mil, ele ia matar ela”, conta. “Uma menina gritava, dizia vô me ajude. Eu fiquei desesperado, parecia a voz da minha neta, acreditei mesmo que fosse”, detalha ele. “Demorei um pouco, mas mesmo nervoso eu consegui pegar o celular e ligar para minha filha que mora em Concórdia, aí ela me confirmou que estava tudo bem e que minha neta estava em casa dormindo. Xinguei o rapaz e desliguei o telefone”, suspirou.

 

Outras pessoas também relataram ao Jornalismo da Aliança, que receberam ligações entre 3h e 5h da manhã. Os valores que os estelionatários “exigiam” eram variados, mas ficavam entre R$ 40 e 60 mil.

 

De acordo com o responsável pela Delegacia de Alto Bela Vista, Leocílvio Barison, a polícia já está investigando os casos. “Pelos relatos que recebemos, todas as ligações foram feitas na madrugada de segunda-feira e para telefones fixos. Não há registros de pessoas que tenham depositado dinheiro. Estamos colhendo informações para tentar identificar os autores das tentativas de estelionato”, informa. “É importante que ninguém faça depósito nestes casos e procure fazer contato com algum familiar ou com a PM ou com a Polícia Civil”, orienta Barison.

 

 

COMENTE