ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Piratubense apresenta resultado de pesquisa em congresso realizado na Espanha
Trabalho mostra o panorama da Democratização da Gestão Educacional em Santa Catarina
Publicado 14/06/2018
 

Por Cristiano Mortari

A piratubense Ana Paula da Motta, que é bolsista FUMDES/UNIEDU e acadêmica do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu – Mestrado em Educação na Unoesc de Joaçaba, esteve na cidade de Lleida, na Espanha, entre os dias 28 de maio e início de junho, para participar, com professores e colegas, do VI Congresso Ibero-Americano de Política e Administração da Educação e do IX Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação. Na oportunidade apresentou o resultado parcial de uma pesquisa realizada na área da Educação em Santa Catarina.  

 

Uma das atividades do curso de Mestrado é a pesquisa e Ana Paula é membro de um grupo que faz levantamento e análise de dados sobre a gestão democrática em Sistemas Municipais de Ensino do Estado de Santa Catarina. “O objetivo é mapear em todo o estado quais municípios possuem sistemas próprios de ensino e quais os espaços e mecanismos de participação da comunidade escolar presentes neles, ou seja, espaços coletivos em que são definidas as ações educacionais”, explica a acadêmica. “Concluímos a primeira etapa da pesquisa que foi a coleta de dados e a análise dos resultados. Agora iremos iniciar a segunda etapa que envolve a pesquisa de campo, o contato com o sujeito. A perspectiva de conclusão é para 2019”, detalha ela.

 

Essa pesquisa foi um dos trabalhos selecionados para ser apresentado no congresso da Espanha. “Foram cinco dias de estudos, envolvendo mesas redondas, debates e apresentações de trabalhos. Participaram do evento cerca de 600 pesquisadores portugueses, espanhóis e brasileiros ligados à educação”, conta Ana Paula. “Foi uma troca de experiência e a nossa pesquisa foi muito bem aceita e poderá ser utilizada como exemplo para a prática em outros países”, comemora.

 

Ainda no exterior:

Antes de participar do congresso na Espanha, a piratubense e os colegas de pesquisa estiveram em Portugal, onde realizaram uma missão de estudos incluindo visita à Universidade do Minho e entrevista no Instituto de Inspeção-Geral da Educação e Ciência com vistas a estudos comparativos da avaliação educacional do Brasil e do país europeu

COMENTE