ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Retomada de atividades nas agroindústrias da região
Abates estão condicionados a embarques de produtos para os centros consumidores
Publicado 30/05/2018
 

Por Clelio Dal Piaz

As atividades nas agroindústrias da região, como JBS, BRF e Aurora, foram retomadas gradativamentenesta quarta-feira, 30. Em Concórdia, a BRF pretende retomar atividades na sexta-feira, 1º de junho.

 

Em Ipumirim, a JBS convocou o trabalhadores para as atividades na sexta-feira, mas ainda não definiu se fará abates ou se apenas terá treinamentos para as equipes. A retomada de abates está condicionada ao embarque da produção estocada aos centros consumidores. O cenário ainda é de dúvidas quanto ao transporte de produtos para São Paulo, Rio de Janeiro e outros grandes centros de consumo. 

 

Na JBS de Seara o 2º turno do abate de suínos voltou ao trabalho hoje à tarde e nesta quinta-feira, 31 de maio, voltará a industrialização de suínos. Na noite desta quarta-feira também será retomada as atividades do setor de aves. 

 

A Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar Rodoviária conseguiram o desbloqueio das rodovias com base em liminares da justiça. Os contatos foram feitos em cada ponto de restrição ao transporte de cargas.

 

Os caminhões voltaram às rodovias estaduais e federais de toda a região, movimento que começou por volta do meio dia e que se acentua nesta tarde.

 

A Copérdia, que fornece suínos, leite e frangos para a Cooperativa Central Aurora, retomou o transporte. O presidente Valdemar Bordignon assinala que o objetivo é normalizar o processo, mas a cooperativa não tem a estimativa de quantos dias serão necessários para isso. 

 

Algumas agroindústrias negociam com os sindicatos dos trabalhadores para trabalhar nesta quinta-feira, 31. É o caso da  Aurora Alimentos.

 

Em quase 30 plantas agroindustriais de Santa Catarina,  cerca de 50 mil trabalhadores ficaram parados durante boa parte do período da greve dos transportadores.

 

COMENTE