ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Foto:Cristiano Mortari(Arquivo)
DIC Concórdia conclui IP sobre homicídio ocorrido no mês de janeiro 2018
Duas pessoas estão detidas no presídio regional de Concórdia
Publicado 17/05/2018
 

Por André Kruger

A Polícia de Concórdia, através da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC/Fron), através do Delegado Álvaro Opitz, concluiu investigação e encaminhou ao Poder Judiciário o Inquérito Policial instaurado para apurar a prática do crime de homicídio doloso qualificado, ocorrido no dia 17/01/2018, na Rua Antônio Dolzan, fundos, Bairro Industriários, em Concórdia, praticado em face da vítima FELIPE DARLAN DE CARVALHO. 

 

Após quatro meses de investigação, a Polícia Judiciária conseguiu indícios de que o crime fora motivado por dívida de drogas que o ofendido teria com os indiciados, sendo que L. P. (19 anos) foi o autor dos quatro disparos que atingiram Felipe de Carvalho, ao passo que G. de V. (29 anos) foi o mandante do assassinato e também o responsável pelo fornecimento da arma de fogo e da motocicleta utilizada na empreitada criminosa por aquele. 

 

L. P. e G. de V. encontram-se presos temporariamente junto ao Presídio Regional de Concórdia, sendo que o Delegado de Polícia coordenador da DIC/Fron de Concórdia representou pela conversão da prisão temporária deles em prisão preventiva. 

 

L. P. e G de V. foram indiciados pela prática do crime de homicídio doloso qualificado, previsto no artigo 121, § 2º, incisos I e IV, c/c artigo 29, ambos do Código Penal.

 

COMENTE