ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Baixo volume de chuva pode trazer reflexos para a produção leiteira
Por enquanto, impacto da escassez de chuva é baixo em Concórdia e região.
Publicado 26/04/2018
 

Por Jocimar Soares

A escassez de chuva neste mês de abril ainda não provoca transtornos no interior de Concórdia. Porém, os reflexos poderão ser percebidos nos próximos meses. A afirmação é da Secretaria Municipal da Agricultura de Concórdia. Conforme dados do próprio órgão, no quarto mês de 2018 choveu apenas em média 34 milímetros, quando a média histórica para o período é superior a 100mm.


Em entrevista ao Jornalismo da Aliança, o secretário da pasta, Mauro Martini, relata que por enquanto não está sendo intensificado o transporte de água. "Não estamos fazendo o transporte de água, além do que a gente já vinha fazendo", referindo-se às localidades que sempre recebem carga de água devido a problemas já existentes.


Por outro lado, ele observa que, mesmo não trazendo danos para a culturas que estão em fase de colheita, como o milho, a pastagem de inverno poderá sofrer consequências. "Agora começa a fase de cobertura do solo, com pastagens. Vai ter dificuldade para alimentação volumosa para animais de corte e de leite. Para manter a mesma produtividade, o produtor terá que usar rações e concentrados e isso vai implicar no aumento de produção", destaca.


Boa parte do volume de chuvas verificado neste mês caiu no fim de semana dos dias 14 e 15 de abril.

COMENTE