ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Fretta também sugere que se utilize o terreno da pista de skate / Foto: Arquivo
Vereador governista critica mudança da Saúde
Mauro Fretta (PSB) questiona a localização do Edifício Golden Office
Publicado 04/04/2018
 

Por Analu Slongo

O pagamento de alugueis para abrigar as estruturas da Administração Municipal de Concórdia foi debatido no Legislativo na sessão desta quarta-feira, quatro de abril. Mas o que realmente chamou a atenção foi a manifestação do vereador Mauro Fretta (PSB), que faz parte da ala governista, sobre a mudança da sede da Secretaria de Saúde. “Eu particularmente acho que não foi uma boa ideia”, pontua. O argumento de Mauro Fretta, que é do mesmo partido do secretário de Saúde, Sidnei Schimidt (PSB), é que o Edifício Golden Office não é bem localizado para abrigar a Secretaria e a Farmácia Municipal. “O pessoal que vêm do interior, como vai se dirigir da rodoviária até a Secretaria de Saúde?”.

 

O espaço de estacionamento na Rua Marechal Deodoro, futuro endereço da Secretaria de Saúde, também foi questionado pelo vereador governista. “Não estou aqui criticando e também não estou aplaudido. Acho que deveriam ter dado uma atenção melhor a esta questão. Sou defensor de um local único para a secretaria, farmácia e policlínica, mas não sei se o espaço locado é o melhor”.

 

Sede própria

O vereador Closmar Zagonel (MDB) questiona o fato de ter sido vendida a antiga Secretária de Saúde para se construir uma sede própria, e essa obra ainda não ter saído do papel. “Estão saindo de um aluguel para pagar outro. Eu entendo que no Município de Concórdia temos que tirar grandes projetos do papel”, destaca. O vereador comenta que entre a Saúde e a Educação, que ficarão neste edifício, será gasto R$ 348 mil por ano em aluguel.

 

Dispensa de licitação

O vereador Edno Gonçalves (PDT) lembra que já fez um projeto de lei para proibir que Prefeitura faça a dispensa de licitação para a compra de imóveis ou contratações de alugueis. Ele explica que, se essa lei for aprovada, não será permitido contratar sem licitações imóveis que pertençam a quem fez doação à campanha eleitoral do chefe do poder Executivo, de pessoas que ocupem cargos comissionados no governo e de membros do poder Legislativo. “Tenho certeza que esse projeto dará mais segurança e credibilidade para a locação e compra de imóveis”, afirma Gonçalves

 

Melhorias no estádio

Anderson Guzzatto (PR), que também faz parte da base governista, apresentou uma alternativa prática para evitar o pagamento de alugueis. Ele cita um projeto que foi feito por empresas ligadas ao esporte. Segundo o vereador, com R$ 1,8 milhão seria possível construir uma estrutura nova no local da arquibancada antiga do Estádio Municipal, atrás da rodoviária.  Esse espaço também serviria para as atividades das modalidades esportivas e poderia abrigar algumas secretarias. “Se colocar no papel tudo o que foi pago de aluguel nos últimos cinco anos, daria para fazer uma baita estrutura”, diz Guzzatto.

 

Edificações na pista de skate

Mauro Fretta (PSB) também defende que a Prefeitura de Concórdia construa sedes próprias para as secretarias que dependem de aluguel. A sugestão dele é que se utilize o espaço da pista skate, que fica próximo ao estádio, e se edifique uma nova pista no Parque de Exposições.

COMENTE

1 COMENTÁRIOS
  • luiz
    Esse é o tipo de vereador que precisamos ... O que é bom se elogia... o que nem tanto se critica. Concórdia sempre em primeiro lugar. Parabéns VEREADOR .