ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Justiça decide pela internação de adolescentes acusados por morte
Crime aconteceu no fim de semana. Onze jovens espancaram homem de 33 anos que não resistiu.
Publicado 12/03/2018
 

Por Jocimar Soares

A informação é do Delegado Regional de Polícia da Comarca de Campos Novos, Adriano Almeida.

 

O delegado divulgou hoje (12) nota à imprensa sobre a investigação da morte do jovem Victor Eduardo Machado, de 33 anos, ocorrida na noite de sexta-feira, em Campos Novos.

 

Na nota à imprensa o delegado relata que a Polícia Militar conduziu à delegacia aproximadamente 11 pessoas, na madrugada de sábado (10). 

 

’Observa que “o delegado de Polícia Civil, Fábio Faustino Pereira, que estava de plantão na noite do dia 9, realizou as oitivas de todos os conduzidos, ocasião em que restaram identificados, como sendo responsáveis pela morte, 5 adolescentes, pois os demais não possuíam relação com os  fatos’’.

 

Continua, observando que ”o delegado Fábio Faustino, na madrugada do dia 10, procedeu a apreensão dos 5 adolescentes, os quais foram, na sequência, apresentados ao Promotor de Justiça plantonista’’.

 

Informa ainda que “o promotor plantonista analisou a apreensão formalizada pela Polícia Civil e representou ao Juiz de Direito de plantão pela internação provisória dos referidos adolescentes. No dia de ontem, domingo, a Polícia Civil recebeu a decisão do juiz plantonista, que deferiu a representação, determinando a internação provisória dos adolescentes pelo prazo de 45 dias’’, informou. 

 

Ainda segundo informa o Delegado Regional “na tarde de hoje (12), havendo vagas em algum Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório - local onde adolescentes cumprem medidas restritivas de liberdade, a Polícia Civil fará o encaminhamento dos adolescentes para que deem início ao cumprimento da medida socioeducativa’, ressalta.

 

Também explica que “no decorrer do prazo da internação provisória, ou seja, 45 dias, os acusados  responderão por seus atos perante à Justiça da Infância e da Adolescência, podendo, ao final, serem internados pelo prazo máximo de 3 anos, de acordo com ao art. 121, parágrafo 3º, do Estatuto da Criabnça e do Adolescnte (ECA)’’.

 

Amigos de Victor organizam uma manifestação pacífica para a próxima quinta-feira, às 18h, em frente ao Fórum da Comarca de Campos Novos, pedindo justiça. 

 

Pelas redes sociais e em grupos de mensagens instantâneas, amigos e membros da família, estão organizando uma caminhada. ‘’Quinta-feira, às 18h, vamos nos reunir para fazer uma caminhada do apartamento dos meus pais, onde aconteceu a barbaridade com nosso Victor, até em frente ao fórum para clamar por justiça. Não vamos alarmar, não vamos gritar. Só vamos vestir camisetas brancas, vamos segurar faixas, balões brancos, rezar e pedir por justiça.... Logo após seguiremos para a missa de sétimo que será no santuário às 19h’’, escreve a irmã de Victor.

 

(Fonte: Jornalismo Rádio Cultura)

COMENTE