ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Definidas as empresas que vão se instalar na Área Industrial de Concórdia
Os três empreendimentos aprovados devem gerar 75 novos empregos diretos
Publicado 09/03/2018
 

Por Analu Slongo

Mais três empresas estão habilitadas para se instalar na Área Industrial de Concórdia. O processo de concessão foi definido na quinta-feira, oito de março, e as vencedoras são a Transportes Irmãos Pavan Ltda (Catarina Implementos Rodoviários), Hipertijolo Artefatos de Cimento Eireli e Soluforte Soluções Industriais Ltda. Sete empresas estavam na disputa por quatro terrenos.

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Wagner Simioni, explica que um dos lotes ofertado não será ocupado, porque a proposta apresentada pela empresa que pleiteava este terreno foi considerada inconsistente. “Em outro momento ele será novamente licitado”, diz o secretário.  

 

A licitação já está definida, mas as empresas que foram desclassificadas têm prazo até o dia 16 de março para apresentar recursos. Se isso não ocorrer, a Prefeitura de Concórdia deverá homologar o processo em 19 de março. Depois disso, as três empresas habilitadas já poderão iniciar o processo de instalação das atividades na Área Industrial.

 

Os critérios avaliados para a seleção foram geração de emprego, projeto de preservação ambiental, faturamento, aplicação ou transferência de tecnologias inovadoras, utilização de matéria-prima local, capacidade de exportação e investimentos. As propostas técnicas foram avaliadas pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE). Os três empreendimentos aprovados devem ultrapassar R$ 3 milhões em investimentos e gerar 75 empregos diretos.

 

 Os terrenos podem ser usados apenas para instalações industriais. A concessão terá validade de 10 anos, podendo ser prorrogada por mais 10.

COMENTE