ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Lagartas estavam no tronco de uma árvore / Foto: Divulgação
Idosa que encostou em taturana precisa de doação de sangue
Fato ocorreu em Concórdia na última quinta-feira, 18 de janeiro
Publicado 22/01/2018
 

Por Analu Slongo

Uma idosa moradora da Vila Petkov, no bairro São Cristóvão, está internada no Hospital São Francisco (HSF) por ter encostado em taturanas. Iracema Dalla Costa, 68 anos, teve contato com as lagartas na quinta-feira, 18 de janeiro, e o estado de saúde dela é considerado grave. Ela precisa de doação de sangue de qualquer tipagem. Quem puder colaborar pode ir até o banco de sangue de HSF e fazer a doação em nome de Iracema Dalla Costa.

 

Iracema está hospitalizada desde a última quinta-feira, quando ocorreu o acidente. A idosa foi se apoiar em uma árvore e não percebeu que havia taturanas, devido à semelhança entre a cor das lagartas e do tronco da árvore. 

 

No início deste mês a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) emitiu alertas sobre o grande número de acidentes causados pelo contato com taturanas no Oeste de Santa Catarina. Segundo a Dive, o veneno dessas lagartas provoca insuficiência renal, distúrbios na coagulação e sangramentos. As pessoas que tiverem contato com as taturanas devem procurar atendimento médico imediatamente.

 

Confira algumas dicas de prevenção

 

• Em locais ou situações de risco para acidentes por animais peçonhentos, como: florestas, matas, trilhas, atividades de lazer, de limpeza, serviços de jardinagem, entre outros, utilize sempre equipamentos de proteção como luvas de couro, sapatos fechados e roupas de manga longa;


• Evite o contato com qualquer tipo de lagarta. Observe atentamente as folhas e troncos das árvores;


• Pinte de branco os troncos das árvores próximas às residências. Facilite a visualização das lagartas urticantes;


• Verificar se as folhas das plantas foram consumidas por insetos;


• Em caso de acidente com lagartas, procure uma Unidade de Saúde imediatamente.

 

 

COMENTE