ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Restos de comida com uma substância foram encontradas no Bairro.
Morte de gatos preocupa moradores de Alto Bela Vista
Donos acreditam que os animais tenham sido envenenados
Publicado 15/09/2017
 

Por Cristiano Mortari

Moradores do Bairro Nossa Senhora Aparecida, de Alto Bela Vista, estão revoltados com a morte de alguns gatos. De acordo com os relatos, há algumas semanas vários animais morreram e os donos acreditam que o motivo tenha sido envenenamento. Restos de comida com substâncias estranhas foram encontradas nas proximidades.

 

O dona de casa Maria Fátima conta que tinha 12 gatos e que no feriado de Sete de Setembro, quatro morreram. “Eu tinha os meus gatos e acabei adotando mais alguns que estavam abandonados. A gente cuida, dá comida, dá carinho e acontece isso. Acreditamos que alguém esteja envenenando os bichos”, lamenta ela. “Gatos de vizinhos também morreram. Só na minha rua foram oito”, registra.

 

Maria diz que os gatos não fazem sujeira e nem barulho. “As fêmeas são vacinadas e os machos castrados. Eles não fazem barulho e nem sugeria”, destaca.

 

Os moradores chegaram a encontrar restos de comida pelo Bairro, com uma substância azul. “Não sabemos o que é, mas parece veneno. Um dos donos chegou a levar o gato morto para fazer uma análise e aguarda o resultado”, conta Maria. “E se uma criança chega a colocar aquilo na boca?. Se alguém está envenenando os gatos, deve colocar a mão na consciência e pensar nisso”, ressalta.

 

Ainda segundo a moradora, um Boletim de Ocorrência já foi registrado. Os proprietários também fizeram contato com a Vigilância Sanitária, sugerindo a criação de uma ONG.

 

A Vigilância Sanitária informou, através da assessoria de imprensa da Prefeitura, que está elaborando uma campanha de conscientização sobre os cuidados com os animais e uma possível campanha de castração, pois o número de animais se reproduzindo está fora de controle, o que também causa abandonos. O setor também estuda adotar medidas corretivas para os casos já existentes.

 

 

COMENTE