ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Outra proposta do vereador é uma emenda ao regimento interno, que todos os assessores, sem excepção,cumpram expediente de 35 horas na Câmara / Foto: Analu Slongo
Edno Gonçalves sugere que vereadores cumpram jornada na Câmara
Bancadas do PT e PMDB e vereador Jaderson Miguel (PSD) já se manifestaram a favor do projeto
Publicado 08/05/2017
 

Por Analu Slongo

Um assunto que deve render muito debate nos próximos dias. O vereador Edno Gonçalves (PDT) usou a tribuna do Legislativo na noite de ontem, oito de maio, para propor que os vereadores cumpram jornadas de trabalho. A proposta de Gonçalves é que os vereadores dêem expediente de no mínimo três horas por dia na Câmara.

O projeto do vereador também diz que “a permanência dos edis (vereadores) nas sessões ordinárias e extraordinárias não será computada no cálculo do período de atendimento”. A proposta é que os vereadores fiquem 35 horas semanais à disposição para atender os concordienses que procuram o Legislativo.

 

Edno Gonçalves afirma que alguns municípios do Brasil já adotam essa prática. “É um projeto de lei polêmico e isso nem seria necessário se todos os vereadores viessem para essa Casa e dessem a atenção que a população mercê”, argumenta.

 

Outra proposta é uma emenda ao regimento interno para que todos os assessores, sem exceção, sejam obrigados a dar expediente de 35 horas semanais na Câmara. “A prefeitura já faz isso, com os servidores trabalhando das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h”, comenta o vereador.

 

Os vereadores das bancadas do PT e do pMDB já se manifestaram a favor do projeto que foi protocolado hoje por Edno Gançalves. Jaderson Miguel Prudente também usou a tribuna para dizer que a favor de os vereadores cumprirem expediente.

COMENTE