ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Em Santa Catarina a capacidade de armazenamento é de 4,7 milhões de toneladas de grãos. A necessidade seria 5,2 toneladas / Foto: Divulgação Internet
Estado sofre com a falta de espaço para a armazenagem de grãos
No Alto Uruguai Catarinense ainda não há problemas com a estocagem
Publicado 03/05/2017
 

Por Analu Slongo

Uma notícia positiva, mas que também traz preocupações. A safra recorde na produção de grãos no Estado, 14% maior que a do ano passado, está dificultando o armazenamento. Algumas cooperativas já estão com os silos lotados e tiveram que recorrer a espaços de terceiros.

 

O gerente de Cereais da Copérdia, Flávio Zenaro, diz que no Alto Uruguai Catarinense ainda não há problemas com a estocagem. “Estamos próximo do limite da capacidade, mas acreditamos que vamos conseguir acomodar a safra que esta por colher”, afirma.

 

A Copérdia armazena milho e soja. A capacidade dos silos das unidades da cooperativa é de 2 milhões de sacas de grãos e cerca de 80% dos espaços já estão ocupados.

 

Em Santa Catarina a capacidade de armazenamento é de 4,7 milhões de toneladas de grãos. Segundo os cálculos da Secretaria de Estado da Agricultura, a necessidade é de 5,2 milhões de toneladas.

 

COMENTE